DR. RICON JR.

ENVIAR E-MAIL

Formado em 1988
Residência Médica em Ortopedia    1990/91/92
Especialização em quadril na    Alemanha, Estados Unidos e    Inglaterra
Cirurgião do Quadril dos    Hospitais Central do Exército,    Marcílio Dias e Lourenço Jorge
Membro da Academia Americana    de Cirurgiões Ortopédicos
Diretor do Centro Ortopédico    de Ipanema
Professor de Pós-Graduação da    Universidade Gama Filho


OS 10 MANDAMENTOS
DO QUADRIL

OS 10 MANDAMENTOS DO QUADRIL

Tudo o que você precisa saber sobre artrose do quadril

CLIPPING
Síndrome do Piriforme acomete quem malha em excesso
Ouça a entrevista do Dr. Ricon Jr. para a CBN sobre o uso de anti-inflamatórios

Quando meu pai, que também é ortopedista, se formou, os recursos diagnósticos e terapêuticos para as patologias do quadril eram bem mais limitados. Felizmente, esse quadro mudou e hoje em dia já dispomos de modernas técnicas para tratar desde uma luxação congênita até uma epifisiólise, um Legg-Perthes ou a temida artrite séptica do quadril. A artrose, a mais comum de todas as enfermidades a acometer o quadril e a própria artrite reumatóide, uma das mais incapacitantes, já não são um bicho de sete cabeças.

Dispomos de modernas próteses que eliminam a dor e devolvem os movimentos ao quadril, desde as recentemente desenvolvidas para jovens até as fabricadas para pessoas com mais de 70 anos, passando pelos implantes para pacientes de até 50 anos e para os que estão na faixa dos 50 aos 70. Mesmo as fraturas do colo do fêmur e trocanterianas já podem ser tratadas de maneira a permitir uma recuperação precoce e o retorno às atividades habituais no menor tempo possível.

As mega-incisões deram lugar às cirurgias minimamente invasivas que, além de cicatrizes menores, provocam menos sangramento e agressão aos tecidos vizinhos, o que irá se refletir em um pós-operatório praticamente sem dor e uma permanência hospitalar mais breve. Novos materiais e superfícies de contato dos componentes acetabular e femoral, assim como o uso de próteses cimentadas e não cimentadas descortinaram um novo horizonte para a especialidade, onde cada caso deverá ser minuciosamente avaliado antes da indicação da melhor conduta. Ninguém melhor do que um cirurgião do quadril experiente para orientar nessa decisão.

Com o advento da cirurgia artroscópica, a presença do computador na sala de operações e a descoberta de novos medicamentos condroprotetores, que vieram substituir com vantagem os anti-inflamatórios tradicionais, abre-se uma nova era para a especialidade. Graças aos recursos diagnósticos de última geração está sendo possível identificar patologias que antes eram desconhecidas ou confundidas com outras doenças. É o caso das síndromes do piriforme e do impacto, cada vez mais comuns entre frequentadores de academias e praticantes de atividades físico-desportivas.

Preparei este site com o maior carinho, procurando fornecer informações precisas e atualizadas para médicos e leigos, sempre com a preocupação de utilizar uma linguagem de fácil entendimento. Convido o visitante a percorrer suas páginas, especialmente a de perguntas e respostas, pedindo desculpas, antecipadamente, por qualquer omissão. Se quiser enviar um email, basta clicar aqui e se estiver interessado(a) em agendar uma consulta, poderá fazê-lo pelo telefone (21) 2294-8898 ou 2294-8998 em horário comercial. Atendo em Ipanema, a duas quadras do mar, e caso você não more no Rio poderá aproveitar para botar a saúde em dia e curtir uma das mais belas praias do mundo.

Dr. Ricon Jr.

 
     
  Web Design Labore Comunicação  
ARTRITE REUMATÓIDE ARTRITE SÉPTICA ARTROSE EPIFISIÓLISE FRATURAS DO COLOO DO FÊMUR FRATURAS TROCANTERIANAS LEGG-PERTHES LUXAÇÃO CONGÊNITA NECROSE DA CABEÇA DO FÊMUR SÍNDROME DO IMPACTO SÍNDROME DO PIRIFORME